Cozinheira pede socorro em guardanapo após ser assediada pelo chefe em SC

Bilhete foi entregue em delivery para um casal que havia feito pedido no restaurante

Uma jovem de 19 anos, cozinheira em um restaurante em Chapecó, em Santa Catarina, usou um guardanapo para pedir socorro na noite de sexta-feira (28). Na mensagem, que foi entregue por delivery a um casal que havia feito um pedido no restaurante, ela dizia estar sendo assediada pelo chefe.

Na mensagem, a mulher pede para que os clientes chamem a polícia. “Por favor, chame a polícia nesse endereço. Meu chefe está me assediando e está tentando me drogar. Sou cozinheira. Por favor, não é brincadeira”, diz o recado.

Segundo informações do NSC, a Guarda Municipal foi acionada e chegou ao estabelecimento por volta da meia-noite. A mulher relatou aos agentes que o chefe, um homem de 48 anos, tentou agarrá-la e chegou a oferecer R$ 150 para que os dois tivessem relações sexuais.

Ele também teria oferecido cocaína e vinho à funcionária. O homem foi conduzido a delegacia onde foi registrado um boletim de ocorrência.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.