quinta-feira, 22 out 2020
Publicidade

Em fala machista, Sikêra Jr. compara depilação a desmatamento: “Deixa o crime ambiental acontecer”

Apresentador bolsonarista provoca feministas e diz que mulher bonita é aquela que se depila, pinta a unha e faz chapinha no cabelo

Na véspera do Dia Nacional de Luta Contra a Violência à Mulher, o apresentador bolsonarista Sikêra Jr. foi às redes sociais para provocar feministas. Durante o programa Alerta Nacional, nesta sexta-feira (9), Sikêra disse que mulher bonita é aquela que se depila, pinta a unha e faz chapinha no cabelo.

“Hoje é dia de bater a gilete no box. Hoje é dia de bater gilete na pia. Hoje é dia de bater a gilete no azulejo. Hoje é o dia de preparar essa Mata Atlântica para o desmatamento. Deixa o crime ambiental acontecer”, diz o apresentador.

“Mulher bonita é aquela que se depila, aquela que se perfuma, aquela que usa desodorante, aquela que pinta a unha, aquela que ‘dá chapinha’ no cabelo. Viva a mulher brasileira. As mulheres mais bonitas do mundo são brasileiras”, completa. A fala de Sikêra Jr. é machista por estimular pressões estéticas sobre as mulheres, além de reforçar estereótipos de feminilidade como única forma possível de beleza.

O Dia Nacional de Luta Contra a Violência à Mulher, neste sábado (10), ocorre em meio a uma escalada nos casos de violência doméstica e feminicídio. Dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) apontam que os casos de feminicídio no país cresceram 22% em 12 estados durante pandemia.

Levantamento do Instituto AzMina, divulgado na última quinta-feira (8), também aponta que, desde o início da pandemia no Brasil, três mulheres morrem por dia vítimas de violência doméstica.

LGBTfobia

Adorado pelo clã Bolsonaro, Sikêra Jr. coleciona falas machistas, homofóbicas e transfóbicas. No último 23 de setembro, por exemplo, o apresentador publicou um texto em seu perfil no Instagram atacando pessoas transexuais por pedirem “aceitação” em relação à sua identidade de gênero. A publicação foi denunciada por internautas, mas a rede social alegou que foto não vai contra as diretrizes da empresa.

Em outras ocasiões, o apresentador também disparou ofensas contra homossexuais. O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), inclusive, já compartilhou um vídeo de Sikêra dizendo que “todo maconheiro dá o anel”. No dia 21 de setembro, o filho do presidente viajou até Manaus para gravar uma entrevista ao apresentador e se juntou ao coro homofóbico presencialmente.

Luisa Fragão
Luisa Fragão
Jornalista.