Escócia é o primeiro país do mundo a aprovar distribuição gratuita de produtos menstruais

"Hoje é um dia de orgulho para a Escócia. A medida vai fazer uma diferença enorme na vida de todas as pessoas que menstruam", diz a autora da lei

A Escócia se tornou o primeiro país do mundo a aprovar o acesso gratuito e universal a produtos menstruais. A Lei de Produtos Menstruais foi anunciada na noite desta terça-feira (24) e segue para sanção da primeira-ministra Nicola Sturgeon.

Com a nova norma, as autoridades locais terão o dever legal de disponibilizar produtos como absorventes e lenços higiênicos para todos aqueles que precisarem.

A campanha pelo acesso universal e gratuito aos produtos menstruais ocorre há mais de quatro anos no país. A mobilização é encabeçado pela porta-voz do Partido Trabalhista Escocês, Monica Lennon, autora da lei.

Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, Lennon disse que este era “um dia de orgulho para a Escócia”.

“Isso fará uma enorme diferença na vida de mulheres e meninas e de todas as pessoas que menstruam. Já houve um grande progresso em nível comunitário e por meio das autoridades locais em dar a todos a chance da dignidade”, disse ao jornal.

“Houve uma mudança enorme na maneira como a menstruação é discutida na vida pública. Alguns anos atrás, nunca houve uma discussão aberta sobre a menstruação na câmara e agora é a tendência dominante”, completou.

A nova lei vem na esteira de outras medidas que já vinham sendo tomadas no país em relação ao tema. Em 2018, a Escócia se tornou o primeiro país do mundo a fornecer produtos menstruais gratuitos em escolas, faculdades e universidades.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR