Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
22 de fevereiro de 2020, 14h12

Ex-agente penitenciário decapita a companheira adolescente e joga cabeça na casa da mãe dela

Ivanhoe Oliveira, de 37 anos, foi preso na tarde desta sexta-feira como principal suspeito do assassinato da companheira, 20 anos mais nova

Larissa Aurélia, que foi decapitada pelo companheiro, Ivanhoé (Montagem)

O ex-agente penitenciário Ivanhoe Oliveira, de 37 anos, foi preso nesta sexta-feira (21), como principal suspeito de decapitar a companheira, Larissa Aurélia da Costa Silva, de 17 anos, e jogar a cabeça na casa da mãe dela.

Leia também: Violência contra mulheres aumenta e provoca 1.310 mortes no primeiro ano de governo Bolsonaro

O delegado Martin Hessel, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), disse ao portal G1 que o crime aconteceu após uma discussão do casal.

“O que sabemos é que houve uma discussão entre eles e, nessa discussão, o autor, em posse de uma faca, desferiu os golpes e depois cortou a cabeça dela”, afirmou o delegado, que também disse que eles estariam juntos havia dois anos.

Ivanhoé foi preso no final da tarde em um campo de futebol no bairro Tangará, após denúncia anônima. No momento da prisão, o assassino estaria tomando bebida alcoólica e sob efeito de drogas, segundo o portal Acre 24 horas.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum