Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
15 de janeiro de 2020, 14h54

Foragido há 18 anos, pastor evangélico acusado de matar esposa é preso em Maceió

Homem responde ao crime de homicídio, pois a tipificação de feminicídio não existia na época do crime

Um pastor evangélico que estava foragido há 18 anos, após assassinar a esposa, Ângela Maria Cristina Felício, em São Paulo, foi preso preventivamente nesta quarta-feira (15) em Maceió, no bairro Trapiche da Barra. Ele responde na Justiça por homicídio, já que na época a tipificação de feminicídio ainda não existia. Crime ocorreu às vésperas do Natal, em 2000.

Por conta da Lei de Abuso de Autoridade, já em vigor em Alagoas, o nome ou igreja na qual o pastor atuava não foram divulgados. Apenas se sabe que ele tem um filho com a vítima.

“Após a prisão, os policiais civis conduziram preso à Deic para a lavratura do devido procedimento legal e encaminhamento ao sistema prisional, onde ficará a disposição da Justiça”, informou o delegado Fábio Costa, responsável pelo caso.

Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum