Maior doadora de leite humano do Brasil ganha processo na Justiça contra Danilo Gentili

Humorista chamou a técnica em enfermagem Michele Maximino de “vaca” e a comparou ao ator pornográfico Kid Bengala

Depois de mais de sete anos brigando na Justiça, a técnica em enfermagem Michele Maximino ganhou a ação contra Danilo Gentili. Ela é conhecida como a maior doadora de leite humano do Brasil. O humorista a chamou de “vaca” e a comparou ao ator pornográfico Kid Bengala, durante o programa “Agora é Tarde”, na Band.

A decisão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), é definitiva, ou seja, não cabe recurso. De acordo com a sentença, Gentili, outro humorista Marcelo Mansfield e a Rádio e Televisão Bandeirantes foram condenados, por danos morais, e devem pagar R$ 80 mil, com atualização de 1% por mês, a contar de outubro de 2013, data de exibição do programa onde foram feitas as ofensas.

“Justiça foi feita”

“Estou feliz, porque a Justiça foi feita. É uma vitória minha, em prol da amamentação, e uma prova de que ele estava errado. A sentença, com a multa, ficou em R$ 187 mil, dividido para os três alvos”, declarou Michele ao G1.

“Isso afetou muito minha vida, porque tive que sair da cidade em que morava, precisei me tratar com psicóloga. Foi bastante doloroso, mas a gente tenta levar a vida”, disse. Ela morava na cidade de Quipapá, na Zona da Mata de Pernambuco, e teve de se mudar para Recife.

Com informações do G1

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR