Manifesto defende Monica Benicio à presidência da Comissão de Defesa da Mulher da Câmara do Rio

“No cenário conservador em que vivemos, não só na cidade, mas no país, é fundamental ampliarmos os espaços de promoção e defesa dos direitos das mulheres”, diz a vereadora

Um grupo composto por cerca de 150 mulheres e coletivos feministas divulgou, nesta segunda-feira (22), um manifesto de apoio ao nome da vereadora Monica Benicio (PSOL-RJ) para a presidência da Comissão de Defesa da Mulher da Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro.

“A Comissão de Defesa da Mulher da Câmara é um espaço central para a garantia dos direitos das mulheres na cidade. No cenário conservador em que vivemos, não só na cidade, mas no país, é fundamental ampliarmos os espaços de promoção e defesa dos direitos das mulheres”, afirma a viúva de Marielle Franco.

“Nós temos muitos desafios, entre os quais destaco combater o feminicídio, enfrentar todos os tipos de violência contra as mulheres, a mortalidade materna, as discriminações vivenciadas pelas mulheres lésbicas, bis e trans e o racismo estrutural. Nós queremos construir uma cidade segura para as mulheres, mas mais do que isso nós queremos fazer essa caminhada lado a lado com as mulheres”, destaca a vereadora.

Monica explica que a escolha das comissões se dá em um processo institucional e de articulações dentro da Câmara. “Mesmo que a população e os movimentos não participem diretamente dessa escolha, consideramos que ampliar esse debate na sociedade é contribuir para que ele chegue mais perto da vida das pessoas”.

Ela ressalta que desde o início dos trabalhos legislativos colocou seu nome à disposição para colaborar com o desenvolvimento das atividades da Comissão de Defesa da Mulher.

“Por isso, é uma felicidade dupla receber tantos apoios para estar na presidência da Comissão, felicidade pelos apoios recebidos e pela oportunidade de ampliar o debate desde já. Estou confiante que a casa terá escuta atenta às demandas do povo”, completa Monica.

Personalidades

Entre as mulheres que assinaram o manifesto estão personalidades de vários setores, como o cultural e artístico: Camila Pitanga, Paula Lavigne, Zélia Duncan, Cláudia Abreu e Daniela Mercury. Também apoiam a proposta referências de movimentos sociais, como Débora Diniz, Vilma Reis e Raquel Rolnik.

A vereadora conta, ainda, com o apoio de lideranças políticas, como Erika Hilton, Márcia Tiburi, Isa Penna, Luiza Erundina e as ex-ministras dos Direitos Humanos, Maria do Rosário e Ideli Salvatti, além da ex-ministra de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci. 

Veja aqui a íntegra do manifesto

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR