Fórumcast, o podcast da Fórum
27 de julho de 2019, 10h32

Marielle Franco recebe mais uma homenagem internacional e terá rua com seu nome em Lisboa

Câmara Municipal de Lisboa aprovou a homenagem por unanimidade; local exato ainda será decidido por comissão. Neste sábado (27), Marielle completaria 40 anos. Já são 500 dias do assassinato e as investigações seguem sem revelar quem mandou matar a vereadora

Marielle Franco, vereadora assassinada em março de 2018. (Divulgação)

Depois de Paris ter aprovado a criação de um jardim com o nome da vereadora e a cidade alemã Colônia inaugurar uma rua com a mesma proposta, agora é Portugal quem prestará homenagem a Marielle Franco. A Câmara Municipal de Lisboa aprovou por unanimidade a criação de uma rua com o nome dela, mas o local exato ainda será decidido pela Comissão Municipal de Toponímia.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Temos a honra de poder homenagear a Marielle Franco, vereadora de esquerda que foi brutalmente assassinada no Rio de Janeiro em 2018. A sua memória perdurará também em Lisboa, porque as causas pelas quais lutava são as nossas. Marielle, presente!”, afirmou o vereador Manuel Grilo, autor da proposta, em sua conta no Twitter.

Neste sábado (27), Marielle completaria 40 anos de idade e já são 500 dias desde o seu assassinato, que ainda não foi totalmente resolvido. Ainda não se tem informações sobre quem mandou matar a vereadora e por qual motivo, apenas o nome de quem cometeu o crime. No dia 18 de dezembro, policiais da 82ª DP (Maricá) prenderam Renato Nascimento Santos.  Ele estaria no carro que levava o assassino da vereadora Marielle, além de ser apontado como integrante da milícia de Orlando Curicica, citado em delação como ligado à morte de Marielle.

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum