Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de fevereiro de 2020, 14h41

Mulher foge nua após ser agredida a pauladas por ex-marido em Rondônia

Embriagado, o homem invadiu a casa da ex-esposa cinco dias após o término do relacionamento

Um homem de 46 anos foi preso na noite desta segunda-feira (10) após agredir a socos e pauladas a ex-esposa, de 25 anos, no Bairro Tucumanzal, zona sul de Porto Velho (RO). A mulher, que estava nua, saiu correndo na rua para não ser morta.

De acordo com informações da Polícia Militar, o homem estava embriagado e invadiu a residência da vítima cinco dias após o término do relacionamento. Desconfiado de que ela estivesse com outro homem na casa, o agressor acusou a vítima de traição e começou a agredir a jovem com socos no rosto.

Em seguida, ele arrancou de uma cerca um pedaço de madeira com prego, dizendo que iria matá-la. Após receber várias pauladas na cabeça, a mulher saiu correndo gritando por socorro. A vítima foi socorrida em uma oficina.

A Polícia Militar de Rondônia foi acionada e prendeu o homem nas proximidades do local do crime.

Dados da violência

No Brasil, a cada quatro minutos uma mulher é agredida por ao menos um homem e sobrevive. Este é o dado que o Ministério da Saúde registrou no ano passado sobre violência contra a mulher. Em 2018, foram registrados mais de 145 mil casos de violência, seja física, sexual, psicológica e de outros tipo, em que as vítimas sobreviveram.

Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, em três anos, 3.200 mulheres foram vítimas de feminicídio no Brasil. Término de relacionamento e amor não correspondido são dois dos principais contextos que levam a esses assassinatos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum