#Fórumcast, o podcast da Fórum
05 de agosto de 2019, 10h14

Mulher submetida a processo de laqueadura sem consentimento receberá indenização de R$ 500 mil

Para a coordenadora-auxiliar do núcleo especializado em direitos da mulher da Defensoria de SP, "mesmo tendo o suposto consentimento dela, não valida o processo, pois ele não deveria existir"

(Foto: Defensoria Pública do Estado do Amazonas).

A Defensoria de São Paulo ingressou com ação contra o Estado buscando indenizar Janaina Aparecida Quirino, 37, que foi submetida a um processo de laqueadura sem seu consentimento. A cirurgia foi solicitada pelo promotor Frederico Barruffini em maio de 2017 e a Justiça autorizou o procedimento. Indenização está cotada em R$ 500 mil.

A Defensoria alegou que houve violação de direitos humanos, ilegalidade no processo e que Janaina não foi assistida por advogados. Ainda complementa que a vítima é analfabeta funcional, portanto só sabe assinar o próprio nome. Presa desde novembro de 2018 por tráfico de drogas na penitenciária de Mogi Guaçu, Janaina tinha sete filhos quando a promotoria abriu o processo para submetê-la à esterilização. Após decisão judicial de primeira instância, ela passou pelo procedimento depois do nascimento de seu oitavo filho.

O Tribunal Judicial tentou reverter a situação em maio e extinguiu o processo. Porém, já era tarde, pois Janaina foi operada três meses antes. O desembargador Leonel Costa também atuou em prol da vítima, alegando que houve violação da lei, pois é proibida e esterilização cirúrgica em mulher durante os períodos de parto ou aborto, “exceto nos casos de comprovada necessidade”, o que não foi o caso de Janaina.

A coordenadora-auxiliar do núcleo especializado em direitos da mulher da Defensoria de São Paulo, Paula Santana Machado de Souza, disse que não houve respaldo legal na legislação para que a laqueadura fosse feita. “Mesmo tendo o suposto consentimento dela, não valida o processo, pois ele não deveria existir”, completa.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum