Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
31 de julho de 2018, 09h18

Rio sedia primeiro encontro mundial de mulheres matemáticas

Mulheres matemáticas publicam 25% dos trabalhos da área no Brasil, de acordo com informações do Impa (Instituto de Matemática Pura e Aplicada)

O Rio de Janeiro sedia, nesta terça-feira (31), a primeira edição do World Meeting for Women in Mathematics, ou (WM)², o Encontro Mundial de Mulheres na Matemática. O evento faz parte do Congresso Internacional de Matemática (ICM, na sigla em inglês), que também será realizado no Rio e acontece uma vez a cada quatro anos.

Mulheres matemáticas publicam 25% dos trabalhos da área no Brasil, de acordo com informações do Impa (Instituto de Matemática Pura e Aplicada), órgão ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil. Mas mesmo um país com forte tradição científica, como os EUA, têm pouca participação feminina na área: 20,7%

Nas edições anteriores do Congresso, a única programação voltada exclusivamente para mulheres matemáticas foram em “eventos satélites”, chamados de congressos internacionais de mulheres matemáticas, explica Carolina Araújo, organizadora do evento. Agora em 2018, haverá mais espaço  para os debates sobre a igualdade de gênero na ciência.

Até o fim da tarde desta segunda-feira (30), o (WM)² já contava com cerca de 390 participantes de 50 países diferentes – e forte presença de mulheres brasileiras. No total, o ICM já tem cerca de 2.800 inscritos – porém, não é possível saber qual é o percentual de mulheres  participantes porque o formulário de inscrição não coleta essas informações.

A programação inclui palestras de pesquisa, discussões em grupo sobre questões de gênero, um painel de debate e apresentações de pôsteres. Durante o evento, haverá ainda uma homenagem a Maryam Mirzakhani (1977-2017), única mulher a conquistar a Medalha Fields, que morreu em julho deste ano.

Além disso, o evento desta terça contará com a estreia mundial da primeira parte do documentário “Journeys of Women in Mathematics” (“Jornadas das Mulheres na Matemática”, em tradução livre). que foi produzido pela Fundação Simons em parceria com o Comitê para Mulheres na Matemática da IMU.

Entre as palestrantes estão Monique Laurent (Centrum Wiskunde & Informatica and Tilburg University, Netherlands), Alicia Dickenstein (Universidad de Buenos Aires, Argentina), Salomé Martínez (Universidad de Chile, Chile), Maria Eulália Vares (Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brazil) e Maria Esteban (Université Paris-Dauphine, France). Confira a programação aqui.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum