Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de dezembro de 2019, 21h02

No Rio Grande do Sul, mulheres reproduzem hino feminista chileno: “o estuprador és tu”

"A culpa não era minha, nem onde estava, nem o que vestia, o estuprador és tu", cantaram as gaúchas, de olhos vendados, um símbolo para a denúncia de abusos

Reprodução

A performance protagonizada por mulheres chilenas em protesto contra o abuso e o feminicídio e que está viralizando pelo mundo todo inspirou também as gaúchas, que neste sábado (7) se reuniram em Porto Alegre para reproduzir a versão em português da canção “Um Estuprador em seu Caminho”.

“A culpa não era minha, nem onde estava, nem o que vestia, o estuprador és tu”, cantaram as gaúchas, de olhos vendados, um símbolo para a denúncia de abusos. A versão original foi criada pelo coletivo feminista Las Tesis, de Valparaíso.

O evento foi convocado por mulheres independentes com apoio  Centro Acadêmico Dionísio, do curso de teatro da UFRGS. A intervenção teve um ensaio às 10h na Redenção, atrás do Auditório Araújo Viana, e ocorreu às 11h30 em frente do Largo Expedicionário.

São Paulo e Rio de Janeiro foram outras cidades brasileiras que também realizaram o ato. Na capital paulista, cerca de 100 mulheres se reuniram no Largo da Batata para montar a letra em português do hino chileno ‘El violador es tu’. No Rio, a coreografia foi feita por um grupo de mulheres da Cinelândia.

Confira o vídeo:

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum