sexta-feira, 23 out 2020
Publicidade

Réu por bater na esposa, advogado de Bolsonaro escala testemunha que alega que ação foi por “interesse financeiro”

Em nota divulgada pela defesa, Admar Gonzaga alega ser vítima de "falsas acusações" e que "foi Deus" quem mandou a testemunha "em nome da verdade"

Réu em uma ação por lesão corporal contra sua ex-mulher, Élida Souza, Admar Gonzaga Neto, ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral e advogado de Jair Bolsonaro, escalou uma testemunha que alega que o processo foi motivado por interesses financeiros. A informação é de Guilherme Amado, na revista Época deste sábado (10).

“Essa testemunha é uma pessoa honrada, que acreditava na versão dela, na mentira de que eu a teria agredido, mas se decepcionou ao constatar, com a confissão da própria Élida, que o interesse era outro, que tudo não passava de uma invenção para obter proveito financeiro”, disse a defesa do advogado em nota à revista.

No texto, os advogados dizem que Admar Gonzaga é “vítima dessas falsas acusações”.

“Por causa de uns trogloditas, de homens desequilibrados e covardes que agridem mulheres e pessoas mais frágeis, outros são vítimas dessas falsas acusações, formuladas por orgulho ferido ou interesse financeiro, ou por ambos”, diz a nota, que inicia agradecendo a Deus pela testemunha.

“Essa testemunha, na verdade, foi uma surpresa. Parece que foi Deus quem fez essa surpresa acontecer, em nome da verdade”.

Também em nota, a defesa de Élida Souza nega que haha interesse financeiro. “A medida protetiva visa a evitar contato e perseguição, além de protegê-la diante do evidente e comprovado contexto de violência experimentado. Não à toa, o acusado é hoje réu em duas ações penais”

Pago pela Fiesp
Um dos principais articuladores do Aliança Pelo Brasil, Admar Gonzaga chegou a atuar gratuitamente – pro bono – para Jair Bolsonaro enquanto recebia por contrato feito com a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Admar Gonzaga seria um dos principais articuladores que aproximou Bolsonaro e o presidente da Fiesp, Paulo Skaf.

Plinio Teodoro
Plinio Teodoro
Plínio Teodoro Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.