Imprensa livre e independente
03 de agosto de 2018, 23h49

Na GloboNews, Bolsonaro fala em privatizar Petrobras

Neste mesmo momento afirmou que privatizaria todas as empresas criadas pelo PT, como a TV Brasil, que segundo ele é cabide de empregos para jornalistas

Foto: Divulgação
Ao ser indagado na entrevista da GloboNews se iria diminuir o subsídio do óleo diesel e aumentar o preço, Bolsonaro disse que se não puder reduzir o valor do combustível, pode privatizar a Petrobras. Quando a bancada de entrevistadores se deu conta do que ele tinha falado e insistiu se ele estava dizendo que privatizaria a empresa, disse que não estava prometendo, mas que poderia fazê-lo e que achava que a livre concorrência nessa área de óleo e petróleo poderia fazer bem ao Brasil. Neste mesmo momento afirmou que privatizaria todas as empresas criadas pelo PT, como a TV Brasil,...

Ao ser indagado na entrevista da GloboNews se iria diminuir o subsídio do óleo diesel e aumentar o preço, Bolsonaro disse que se não puder reduzir o valor do combustível, pode privatizar a Petrobras.

Quando a bancada de entrevistadores se deu conta do que ele tinha falado e insistiu se ele estava dizendo que privatizaria a empresa, disse que não estava prometendo, mas que poderia fazê-lo e que achava que a livre concorrência nessa área de óleo e petróleo poderia fazer bem ao Brasil.

Neste mesmo momento afirmou que privatizaria todas as empresas criadas pelo PT, como a TV Brasil, que segundo ele é cabide de empregos para jornalistas.

Só se comprometeu a manter como públicos o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal.

Veja também:  Osmar Terra em defesa de Bolsonaro: “problema grave no Brasil é a obesidade e não a fome”

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum