Imprensa livre e independente
13 de julho de 2019, 16h55

No Dia do Rock, Suplicy faz live do show do Supla; relembre momentos do político mais rock’n’roll do Brasil

Pai de Supla e do também músico João, Eduardo Suplicy é o político mais rock'n'roll do Brasil e protagonizou cenas que ficaram marcadas pelos amantes do estilo musical

Eduardo Suplicy no show do BaianSystem (Foto: Reprodução/Vídeo)
Neste sábado, 13 de junho, quando se comemora o Dia Mundial do Rock, o vereador Eduardo Suplicy (PT/SP) esteve na Praça da República, no SP Rock Show, onde fez uma live em suas redes sociais do show do filho Supla, que aconteceu por volta das 15h. “Supla na República”, anunciou o vereador. Pai de Supla e do também músico João, Eduardo Suplicy é o político mais rock’n’roll do Brasil e protagonizou cenas que ficaram marcadas pelos amantes do estilo musical. Na última delas, Suplicy, aos 77 anos, protagonizou um show à parte dançando no meio de jovens durante o show...

Neste sábado, 13 de junho, quando se comemora o Dia Mundial do Rock, o vereador Eduardo Suplicy (PT/SP) esteve na Praça da República, no SP Rock Show, onde fez uma live em suas redes sociais do show do filho Supla, que aconteceu por volta das 15h. “Supla na República”, anunciou o vereador.

Pai de Supla e do também músico João, Eduardo Suplicy é o político mais rock’n’roll do Brasil e protagonizou cenas que ficaram marcadas pelos amantes do estilo musical.

Na última delas, Suplicy, aos 77 anos, protagonizou um show à parte dançando no meio de jovens durante o show do BaianaSystem, durante o Festival Lula Livre, realizado no dia 2 de junho, na Praça da Repúlica, em São Paulo.

O som contagiou Suplicy. O vereador petista caiu na dança e entrou no “mosh” organizado pelo público. O vídeo viralizou.

Suplicy também protagonizou shows memoráveis com a canção Blowing in the Wind, de Bob Dilan, em diversos locais, como a Assembleia Legislativa de São Paulo.

Veja também:  Em troca de Eduardo, Trump cogita nomear filho Eric embaixador no Brasil

Em discurso no Senado, o político também usou a obra de Bob Dylan para defender princípios da Justiça.

Também no Senado, Suplicy cantou Father and Son, de Cat Stevens, para homenagear os filhos.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum