Para 49% dos brasileiros, Bolsonaro é o maior culpado pelo atraso na vacinação

Pesquisa CNT/MDA mostra insatisfação em relação à forma como presidente conduziu aquisição de imunizantes para proteger cidadãos contra a Covid-19, o que resultou num retardo quando comparado a outros países

A pesquisa CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira (5) revela que, para 49% dos brasileiros, a culpa pelo atraso na vacinação da população é exclusivamente do presidente Jair Bolsonaro. Os dados mostram ainda que para 24,3% dos entrevistados, a culpa deveria ser dividida entre o chefe do Executivo federal, governadores e prefeitos, enquanto 8,1% acreditam não ser responsabilidade de nenhum deles.

Ainda no mesmo levantamento, 5,6% daqueles que foram ouvidos pelo Instituto MDA apontam que a culpa pelo atraso na imunização da população brasileira é totalmente dos governadores dos estados, ao passo que 5,2% consideram que sequer houve atraso na aplicação das vacinas no país. Um índice menor, de 1,4%, atribuiu o retardo na aquisição dos imunizantes aos prefeitos das cidades brasileiras.

Foram ouvidas 2002 pessoas na pesquisa encomendada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) ao Instituto MDA, em 137 munícipios de 25 unidades federativas. A margem de erro do levantamento é de 2,2 pontos percentuais para mais, ou para menos, com 95% de confiança para os dados.

Notícias relacionadas

Avatar de Henrique Rodrigues

Henrique Rodrigues

Jornalista e professor de Literatura Brasileira.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR