No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste
10 de setembro de 2013, 14h47

73,9% dos brasileiros aprovam o Programa Mais Médicos

Pesquisa da CNT divulgada nesta terça-feira (10) aponta que iniciativa do governo federal contribui para a recuperação da popularidade da presidenta Dilma Rousseff

Pesquisa da CNT divulgada nesta terça-feira (10) aponta que iniciativa do governo federal contribui para a recuperação da popularidade da presidenta Dilma Rousseff  

Da Redação 

Maioria dos brasileiros aprova o Programa Mais Médicos. Iniciativa do governo federal colaborou com o aumento da popularidade da presidenta Dilma Rousseff (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr)

Pesquisa divulgada pela CNT (Confederação Nacional dos Transportes) nesta terça-feira (10) demonstrou que a maioria da população brasileira apoia o Programa Mais Médicos. 73,9% dos entrevistados afirmaram ser favoráveis à iniciativa do governo federal de levar médicos para municípios carentes deste tipo de profissional na rede pública de saúde.

Os dados apurados na pesquisa revelam ainda que 49,6% dos entrevistados acreditam que o programa irá solucionar problemas graves da saúde no país. Para 34,7% dos entrevistados, os serviços de saúde vão melhorar já nos próximos seis meses.

A pesquisa indica que o lançamento do Programa Mais Médicos colaborou para a recuperação da aprovação do governo da presidenta Dilma Rousseff, que alcançou 38,1%. O percentual representa uma crescimento de 6,8 pontos em relação à última pesquisa da CNT, realizada em julho, quando o governo foi avaliado positivamente por 31,3% dos entrevistados. Já o desempenho pessoal da presidenta foi positivo para 58% das pessoas pesquisadas, um crescimento de 8,4 pontos em relação a julho. A desaprovação da gestão da presidenta ficou em 40,5%. Em julho, este percentual era de 47,3%; e em junho, 20,4%.

A CNT também levantou dados quanto aos possíveis cenários na eleição presidencial do ano que vem. Na pesquisa espontânea, quando não são apresentados os nomes dos candidatos aos entrevistados, a presidenta Dilma Rousseff aparece em primeiro lugar com 16% das intenções de voto. Em seguida aparecem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (9,7%), Marina Silva (5,8%), Aécio Neves (4,7%), Eduardo Campos (1,6%), José Serra (1%), Geraldo Alckmin (0,5%) e Joaquim Barbosa (0,5%).

Já na pesquisa estimulada, quando é apresentada uma lista de candidatos aos entrevistados, a presidenta Dilma tem 36,4% das intenções de voto, um crescimento de três pontos percentuais em relação a julho. Neste cenário, Marina Silva tem 22,4%; Aécio Neves, 15,2%, e Eduardo Campos, 5,2%. Em um possível segundo turno, Dilma teria 40,7% das intenções de voto, contra 31,9% de Marina Silva.

A pesquisa CNT ouviu 2.002 pessoas, em 135 municípios de 21 estados, entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro.

Com informações da Agência Brasil.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum