À espera de julgamento de impeachment, Witzel é batizado em igreja evangélica

Governador do Rio afastado mergulhou em piscina da Igreja Vida Nova, em Inhaúma, que se define como “o lugar certo para pessoas imperfeitas”

O governador do Rio afastado, Wilson Witzel (PSC), foi batizado neste domingo (29) na igreja evangélica Vida Nova, em Inhaúma, zona norte do Rio. A informação foi publicada pelos jornais O Dia e O Globo.

No seu perfil no Instagram, a igreja se define como “o lugar certo para pessoas imperfeitas”.

O batizado foi realizado um dia antes de Witzel apresentar sua defesa no processo de impeachment de que é alvo. Ele foi mergulhado em uma pequena piscina da igreja, usada para esse fim. Estava de camiseta preta.

Na campanha e ao longo de seu mandato, Witzel se declarava católico.

Além dele, sua mulher, Helena, e uma das filhas do casal também foram batizadas na nova igreja. Segundo a reportagem de O Globo, foi Helena quem levou toda a família para a nova religião. Ela teria se tornado evangélica no início do processo de impeachment.

Na próxima sexta-feira (4), às 11h, o Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) fará uma nova sessão sobre o processo do governador afastado. Os cinco deputados e cinco desembargadores que integram o grupo vão definir o calendário do julgamento, com as testemunhas que serão ouvidas e as provas a serem produzidas e periciadas.

As principais alegações que pesam contra o governador são as relacionadas com o mau uso dos recursos que deveriam ser aplicados no combate à pandemia do coronavírus.

Segundo a PGR, o governo do Rio estabeleceu um esquema de propina para a contratação emergencial e para liberação de pagamentos a organizações sociais que prestam serviços ao governo, especialmente nas áreas de saúde e educação.

Defesa impedida

Witzel tem dito que está sendo impedido de se defender. Segundo escreve em suas redes sociais e mesmo artigos para veículos de imprensa, seus argumentos não têm sido ouvidos ou levados em consideração.

Ele já citou o processo de impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff e as ações judiciais contra o ex-presidente Lula como exemplos de processos que, agora em sua visão, também não levaram os argumentos da defesa em consideração.

Sua última publicação em Instagram, Facebook e Twitter é da sexta-feira (27), enaltecendo a recondução do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, ao cargo. Moisés havia sido afastado em um processo de impeachment, mas acabou absolvido. “O direito prevaleceu sobre a política. Recado importantíssimo que o Estado de SC manda para o Brasil”, escreveu ele, reproduzindo reportagem dando conta da absolvição do catarinense.

Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR