Fórumcast, o podcast da Fórum
04 de fevereiro de 2016, 09h46

A verdade sobre os voos “oficiais” de Lu Alckmin

De 2011 a 2015, a primeira-dama de São Paulo viajou mais em aeronaves oficiais do que os 25 secretários juntos. Mas a maioria dos deslocamentos tinha dois destinos bem específicos: Campos do Jordão, onde está situado o Palácio Boa Vista, residência de inverno e de descanso, e Pindamonhangaba, onde a família tem um sítio.

De 2011 a 2015, a primeira-dama de São Paulo viajou mais em aeronaves oficiais do que os 25 secretários juntos. Mas a maioria dos deslocamentos tinha dois destinos bem específicos: Campos do Jordão, onde está situado o Palácio Boa Vista, residência de inverno e de descanso, e Pindamonhangaba, onde a família tem um sítio

Por Redação

Conforme divulgado pela Folha de S. Paulo em janeiro, a primeira-dama do estado de São Paulo, Maria Lúcia Alckmin, utilizou mais as aeronaves oficiais do que os 25 secretários juntos. Eles fizeram 76 viagens de 2011 a 2015, enquanto Lu, como é conhecida, foi responsável por 132 deslocamentos ao todo.

Em nota, o governo afirmou que ela preside o Fundo Social de Solidariedade, entidade oficial voltada à assistência social e geração de renda e de emprego, o que justificaria as viagens. No entanto, o site da entidade não fornece informações transparentes sobre o uso das aeronaves.

Em planilha obtida pelo portal Diário do Centro do Mundo, por meio da Lei de Acesso à Informação, a maioria dos trajetos apresentava dois destinos bem específicos: Campos do Jordão, onde está situado o Palácio Boa Vista, residência de inverno e de descanso, e Pindamonhangaba, onde a família tem um sítio.

A cidade, aliás, é o berço político de Alckmin, onde ele nasceu, foi criado, virou prefeito e conheceu a esposa. Os voos de Lu para a região incluíam também os filhos Sophia, José Geraldo Alckmin Neto e Thomaz (falecido em abril de 2015), além de agregados. Dados que, obviamente, não constam na nota oficial da assessoria do governo.

Foto de capa: Du Amorim/ A2D (Fotos Públicas)


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum