Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
01 de dezembro de 2019, 15h06

Ação da PM em baile funk deixa nove pessoas mortas em São Paulo

Vítimas morreram pisoteadas devido a confusão

Oito homens e uma mulher morreram após uma ação mal sucedida da Polícia Militar do estado de São Paulo. As mortes ocorreram durante um baile funk na comunidade de Paraisópolis, Zona Sul da capital Paulista. Estima-se que cerca de cinco mil pessoas estivessem no local.

A PM realizava a Operação Pancadão, que visa “garantir o direito de ir e vir do cidadão e impedir a perturbação do sossego, fiscalizando a emissão ruídos proveniente de veículos”, segundo a Secretaria de Segurança Pública.

Pessoas que estavam na festa afirmam que os policiais armaram uma emboscada. Uma adolescente de 17 anos ficou ferida durante a confusão e disse que a PM começou a agredir os frequentadores do baile. “Eu não sei o que aconteceu, só vi correria, e várias viaturas fecharam a gente. Minha amiga caiu, e eu abaixei pra ajudá-la. Quando me levantei, um policial me deu uma garrafada na cabeça. Os policiais falaram que era pra colocar a mão na cabeça”.

A versão da Polícia Militar é que dois homens em uma motocicleta teriam atirado contra os agentes. A dupla fugiu em direção ao baile funk, ainda efetuando disparos, o que causou tumulto entre os frequentadores do evento.

“É uma rua com duas ou três saídas. Eles fecharam e coagiram. Atiraram com arma de fogo – não só com bala de borracha. Bateram com cassetete, fora spray de pimenta. Eles estavam só curtindo. Os policiais fecharam a rua. Teve corre-corre, pisoteamento de adolescente. Gás de pimenta, bala de borracha, e ainda estavam agredindo pessoas. Foi um policial que atacou garrafa de vidro na minha filha”, disse a mãe da jovem ferida.

“Aparentemente, foi uma ação desastrosa da PM que gerou tumulto e mortes. Não se justifica esse tipo de ação. Deveria ter um planejamento melhor”, comentou Ariel de Castro Alves, advogado, conselheiro do Condepe (Conselho Estadual de Direitos Humanos).

Nas redes sociais circulam vídeos onde mostra policias agredindo os frequentadores da festa. Veja abaixo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum