Fórumcast, o podcast da Fórum
26 de fevereiro de 2016, 08h59

Acuada, Globo ameaça blogues progressistas

Incomodada com as reportagens investigativas feitas recentemente, Globo passou a censurar e fazer ameaças de processo contra os responsáveis pelas denúncias.

Incomodada com as reportagens investigativas publicadas recentemente, Globo passou a censurar e fazer ameaças de processo contra os responsáveis pelas denúncias

Por Redação

Acuada com as reportagens investigativas publicadas recentemente por blogues progressistas, a Rede Globo passou a fazer ameaças de processo contra os responsáveis pelas denúncias. O jornalista Miguel do Rosário, do blogue “O Cafezinho”, foi um dos que receberam notificação da família Marinho.

No comunicado enviado por e-mail, foi exigido que ele retirasse do ar o post intitulado “Bomba! O mapa genealógico da Mossack Fonseca e Rede Globo”, sob pena de sofrer “medidas legais cabíveis”, por supostamente divulgar dados inverídicos a respeito da relação do grupo com empresas investigadas pela Polícia Federal.

O portal Diário do Centro do Mundo também foi notificado pela advogada da Globo, Mariana Gaspar, por causa da matéria “Exclusivo: Nosso repórter foi ao verdadeiro tríplex: o dos Marinhos”, que ela alegou ser falsa.

O jornalista Fernando Rodrigues, do UOL, reconheceu na quarta-feira (24) que a iniciativa de notificar extrajudicialmente sites e blogues é mesmo uma estratégia da Rede Globo. “A ideia é processar os que não responderem de acordo com o que a emissora considera a versão correta dos fatos”, informou.

Veja também:  Bolsonaro ataca Macron e diz que francês está interessado em ter "um espaço" na Amazônia

A companhia está em evidência desde as acusações feitas por Mirian Dutra, amante do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso entre os anos 1980 e 1990. Ela afirmou, em entrevista, que a Globo teria facilitado seu “exílio” na Europa para não atrapalhar a imagem do político e, em troca, recebeu financiamentos do BNDES a juros bem mais baixos do que o padrão.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum