Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
10 de dezembro de 2016, 19h52

Delator diz que Aécio é o “mineirinho” e recebeu 15 milhões da Odebrecht

A reportagem de O Estado ainda informa que no pedido de busca e apreensão da Polícia Federal da 26.ª fase da Lava Jato, a Xepa, Mineirinho é apontado como destinatário de R$ 15 milhões entre 7 de outubro e 23 de dezembro de 2014

Reportagem de Fabio Serapião, Beatriz Bulla e Mateus Coutinho, do jornal O Estado de S. Paulo informa “que o cruzamento das informações da proposta de delação do ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht Cláudio Melo Filho com as planilhas angariadas pela Operação Lava Jato na investigação contra a empresa sugere pagamento de R$ 15 milhões para o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e ao menos R$ 2,5 milhões para o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD-SP).”

Segundo informação da Odebrecht, o apelido de Aécio no sistema interno de pagamentos era “Mineirinho” e Kassab “Kafta”.

A reportagem de O Estado ainda informa que no pedido de busca e apreensão da Polícia Federal da 26.ª fase da Lava Jato, a Xepa, Mineirinho é apontado como destinatário de R$ 15 milhões entre 7 de outubro e 23 de dezembro de 2014. Ou seja, no período da disputa presidencial.

mineirinho1mineirinho2

Quem solicitou a propina para Aécio teria sido o diretor superintendente da Odebrecht Infraestrutura para Minas Gerais, Espírito Santo e Região Norte, Sérgio Neves. Ele teria feio feito o pedido a uma funcionária de nome Maria Lúcia, que fez delação e admitiu operar a “contabilidade paralela” da empresa a mando de seus superiores. O pedido teria sido intermediado por Fernando Migliaccio, ex-executivo da empreiteira que fazia o contato com Maria Lúcia e que foi preso na Suíça.

Segundo Melo Filho, Aécio ainda teria intermediado um pagamento de R$ 1 milhão para o senador José Agripino Maia (DEM-RN), que ganhou os apelidos de “gripado” e “pino”. Leia mais no site do Estadão.

E o juiz Sérgio Moro teve a coragem de dizer ontem na Alemanha que Aécio não é citado nas investigações por ele realizadas.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum