#Fórumcast, o podcast da Fórum
22 de setembro de 2019, 16h49

Agatha presente: Moradores do Alemão fazem novo protesto contra assassinato da menina de 8 anos

Agatha Félix, de 8 anos, morreu no sábado em decorrência de um tiro de fuzil disparado pela Polícia Militar do governador Wilson Witzel

Foto: Renê Silva/Voz das Comunidades

Depois de manifestação realizada no sábado, os moradores do Complexo do Alemão voltaram a protestar contra o assassinato de Agatha Félix, de 8 anos, neste domingo (22). A menina morreu após ser atingida por tiro de fuzil da Polícia Militar enquanto voltava para casa com sua família.

A jornalista Cecília Olliveira, do The Intercept Brasil, acompanhou a manifestação, que partiu em direção ao Cemitério de Inhaúma, onde foi realizado o velório de Agatha. Pelo Twitter, reportou a emoção dos presentes, a presença da comunidade e de mototaxistas, além da revolta de moradores com a presença de policiais no meio da caminhada.

Renê Silva, do Voz das Comunidades, também usou as redes para contar sobre o protesto. “Moradores do Complexo do Alemão estão nas ruas pedindo #JusticaParaAgatha!!!! Isso não vai ficar impune!!! #ACulpaEDoWitzel”, publicou.

Repercussão do caso

O assassinato de Agatha ganhou grande repercussão. No sábado, diversas foram as manifestações contrárias ao episódio. Além dos atos realizados no Complexo do Alemão, a hashtag #ACulpaEDoWitzel ganhou destaque nas redes sociais e uma manifestação em frente à ALERJ foi convocada para a próxima segunda-feira. Além disso, o candidato à presidência pelo PT em 2018, Fernando Haddad, chegou a pedir o impeachment do governador, que ele chamou de assassino.

O governo do Rio de Janeiro se limitou a soltar uma nota protocolar lamentando o caso, mas dizendo que os policiais revidaram em confronto. A família da vítima rebate a informação, dizendo que não havia qualquer troca de tiros antes do disparo fatal.

Confira alguns tuítes sobre o protesto:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum