Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de fevereiro de 2012, 19h05

Água, terra e teologia se mesclam no III Fórum Mundial de Teologia e Libertação

De 21 a 25 de janeiro, a cidade de Belém se transformará no centro de discussões teológicas com o III Fórum Mundial de Teologia e Libertação (FMTL). Mais de 900 participantes, entre teólogos, estudantes e professores de teologia, além de pessoas ligadas a movimentos populares, pastorais e educação popular ou que apenas se interessam pelo tema estão sendo esperadas para o evento.

Segundo o secretário executivo do evento, Luiz Carlos Susin, a predominância no Fórum será de brasileiros, por acontecer no Brasil, e de povos de países desenvolvidos, como Europa, Estados Unidos e Canadá, por possuírem mais recursos financeiros. Entretanto, o FMTL também terá a presença de conferencistas da Ásia, África e América Latina, fortalecendo, assim, a questão da diversidade de linhas teológicas, religiões e pensamentos.

Já na terceira edição, o Fórum tem como principal objetivo formar uma rede mundial de teologias contextuais que herdaram ou que se identificam com a Teologia e Libertação, além de proporcionar um espaço de encontro para uma maior interação da teologia com a sociedade. Apesar da diversidade de pensamento e de linhas teológicas no encontro, o secretário afirma que não há divergências ou desentendimentos. "O que ocorre é discussão em termo de aprofundamento e de intercâmbio de conhecimento das linhas", afirma Luiz Carlos.

A partir do tema "Água, Terra, Teologia – para outro mundo possível", esta edição do FMTL terá as discussões pautadas na teologia da sustentabilidade da vida no planeta, levando à reflexão e elaboração de um discurso teológico a partir da relação do ser humano com o ambiente em que vive. A intenção inicial do Fórum é fazer uma reflexão teológica a partir de práticas libertadoras que ajudem a contribuir para o futuro da vida no planeta, abordando, também, questões ecológicas, como a relação do homem com a água e a terra.

Segundo Luiz Carlos, o Fórum terá a Ecoteologia como tema central, mas não será destinado exclusivamente para teólogos. Ele afirma que o FMTL é um espaço aberto para discussões e intercâmbio de conhecimento, ressaltando que é um encontro de teologia ecumênico e voltado para assuntos que superam as questões da Igreja. Assim, as discussões serão em torno de temas sociais e ecológicos, além de reflexões sobre as diversas formas de libertação existentes no mundo.

De acordo com o secretário, o Fórum é a oportunidade que os participantes têm de trocar conhecimentos e de garantir uma maior interação entre as pessoas de diversos locais e pensamentos. Dessa forma, o evento contribui para a mundialização da metodologia aplicada: um espaço alternativo, de debates e de divulgação de pesquisas em Teologia, Ciências da Religião e áreas afins.

As matérias "Ações pela Vida" são produzidas com o apoio do Fundo Nacional de Solidariedade da CF 2008.

Com informações da Adital.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags