Fórum Educação
22 de Maio de 2020, 17h18

Alessandro Molon vai apresentar denúncia de crime comum contra general Heleno

Deputado federal do PSB processará ministro do governo Bolsonaro com base na Lei de Segurança Nacional por ameaça velada ao STF e à democracia

Alessandro Molon (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

O deputado federal Alessandro Molon (PSB-RJ), líder do PSB na Câmara, afirmou nesta sexta-feira (22) que vai apresentar denúncia de crime comum contra o general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional do governo Jair Bolsonaro, com base na Lei de Segurança Nacional.

“Vamos representar contra o General Heleno por crime comum, com base na Lei de Segurança Nacional, e por crime de responsabilidade”, escreveu o deputado, no Twitter.

“A nossa democracia não pode se curvar neste momento, sob o risco de cruzarmos a última barreira que nos distingue de um regime totalitário. Basta!”, completou Molon.

Mais cedo, Heleno divulgou uma “nota à nação”, onde fala em “consequências imprevisíveis”, caso o celular do presidente Jair Bolsonaro seja apreendido, em ameaça velada ao Supremo Tribunal Federal (STF) e à ordem democrática.

A nota reage ao pedido de manifestação do ministro Celso de Mello à Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre um pedido de apreensão dos celulares do presidente e do filho, o vereador Carlos Bolsonaro, em inquérito que investiga interferência ilegal de Bolsonaro na Polícia Federal.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que foi juiz, também destacou a criminalidade do ato do general Heleno.

“O curioso é que a nota do general Heleno, supostamente em nome da ‘segurança nacional’, pode ser enquadrada na Lei de Segurança Nacional (Lei 7.170/83), afirmou Dino.

Diversas lideranças políticas repudiaram a nota. O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, disse ao general que “saia de 64”.

Na sequencia do episódio, a rede bolsonarista no Twitter começou a subir uma hashtag de apoio ao general e reforçando o golpismo. Com a ajuda dos robôs, em poucos minutos #HelenoJaTaNaHora era a mais utilizada no Brasil, presente em mais de 100 mil mensagens até às 17h.

O termo “Lei de Segurança Nacional” também ficou entre os mais buscados e utilizados na rede social.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum