Fórumcast #20
16 de junho de 2017, 10h39

Alexandre Garcia também é achincalhado em voo. Veja o vídeo

Os ataques verbais ao jornalista partiram de Rodrigo Pilha, autor do blog Botando Pilha, e começaram já na fila de embarque e seguiram até dentro do avião: "Golpista! Vai ter Mimimiriam Leitão. Alexandre, você também vai soltar notinha se vitimizando igual a Miriam Leitão?”. Veja o vídeo.

Os ataques verbais ao jornalista partiram de Rodrigo Pilha, autor do blog Botando Pilha, e começaram já na fila de embarque e seguiram até dentro do avião: “Golpista! Vai ter Mimimiriam Leitão. Alexandre, você também vai soltar notinha se vitimizando igual a Miriam Leitão?”. Veja o vídeo.

Da Redação

O jornalista da Rede Globo, Alexandre Garcia, foi achincalhado nesta quinta-feira (15) na área de embarque de um voo da Gol que ia de Brasília para Confins, Minas Gerais, no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek.

O autor do achincalhe foi o militante e conhecido provocador Rodrigo Pilha, autor do blog Botando Pilha, o mesmo que ficou conhecido, em 2014, ao fazer uma entrevista com o então senador Aloysio Nunes, que reagiu às suas provocações com gritos e palavrões.

Os ataques verbais ao jornalista começaram já na fila de embarque e seguiram até dentro do avião. “Golpista! Vai ter Mimimiriam Leitão. Alexandre, você também vai soltar notinha se vitimizando igual a Miriam Leitão? Vocês que incentivam o ódio contra o PT, o PCdoB, contra a esquerda, vai ter mimimi também?”, grita o homem. Apesar de não reagir às provocações, Alexandre pede para falar com o comandante do voo.

Veja também:  Em palestra sobre democracia, Mourão não se segura e alfineta Eduardo Bolsonaro

Alexandre Garcia é um jornalista com claras posições antiesquerdistas. Foi porta-voz do último presidente do período do regime militar do Brasil, o general João Batista Figueiredo.

Alexandre Garcia ajeita o microfone para o então ditador João Batista Figueiredo. Foto: Arquivo


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum