Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de janeiro de 2017, 14h41

Aliado de Berlusconi é eleito presidente do Parlamento Europeu

Membro do Partido do Povo Europeu (EPP em inglês), democrata cristão de centro-direita, Antonio Tajani divulgou em sua página de Facebook um vídeo, afirmando estar engajado em três eixos centrais para sair da chamada crise: “Segurança, Imigração e Trabalho”

Por Vinicius Sartorato, da

Uma das principais instituições da União Européia – e a única com eleição direta, o Parlamento Europeu teve sua eleição para presidente nesta terça-feira (17).

O advogado, jornalista e ex-oficial da Força Aérea italiana, Antonio Tajani, fundador do partido Força Itália e que foi porta-voz do primeiro governo de Silvio Berlusconi (1994-5) foi o vencedor. Membro do Parlamento Europeu desde 1994, Tajani foi eleito Presidente do Parlamento Europeu em uma eleição de quatro rodadas. O italiano, que ocupou várias funções nas estruturas do bloco, foi Comissário de Transporte e depois para temas Industriais (2008-2014).

Tajani venceu seu compatriota Gianni Pitella – do bloco social-democrata de centro-esquerda, por 351 x 282 votos, valendo-se principalmente de um acordo com o bloco Liberal. O novo presidente do Parlamento Europeu irá substituir o alemão, Martin Schulz (SPD), social-democrata de centro-esquerda, diante de um contexto polêmico, em que a União Européia vem sendo questionada em diversos países europeus, em termos de legitimidade e efetividade sobre temas como economia, imigração e segurança.

Membro do Partido do Povo Europeu (EPP em inglês), democrata cristão de centro-direita, Tajani divulgou em sua página de Facebook um vídeo, afirmando estar engajado em três eixos centrais para sair da chamada crise: “Segurança, Imigração e Trabalho”.

Em artigo em sua edição online, a revista alemã Der Spiegel, classificou de “irônica” a coincidência da semana em que Donald Trump é empossado nos EUA e um aluno do “Showman” Berlusconi, é indicado Presidente de um dos mais importantes postos políticos do bloco. Em entrevista para o jornal espanhol ABC (15/01/2017), Antonio Tajani diz-se defensor da “estabilidade” e reconhece que “a gente vota nos antieuropeus porque não vê soluções.”.

Outros meios reagiram a eleição de Tajani. O inglês The Independent destacou que sua eleição aconteceu no mesmo dia em que Theresa May – Primeira-Ministra Britânica apresentou seus planos para sair do Bloco. O francês Le Monde ressaltou o quão decisivo foi para a vitória o acordo com os Liberais e a retirada da candidatura do belga, Guy Verhofstadt.

Por sua vez, o norte-americano, New York Times indicou que Tajani terá muitos “desafios”, bem como teve sua eleição jogada para segundo plano pelo discurso pró- BREXIT de Theresa May e a primeira participação de um líder chinês em Davos – Xi Jinping.

A eleição de Tajani representa um significativo fortalecimento dos conservadores pró-UE, já que o italiano é aliado de partido de Jean-Claude Juncker, atual Presidente da Comissão Européia. Entretanto, mostra uma tendência crescente de choques entre conservadores pró e contra União Européia.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum