Fórumcast, o podcast da Fórum
26 de agosto de 2016, 18h53

Alvo da Máfia da Merenda diz em grampo que Russomanno é “novo parceiro”

O candidato à Prefeitura de São Paulo foi citado durante uma conversa entre César Augusto Lopes Bertholino, o ‘Marrelo’, e Cássio Chebabi, quadros importantes do esquema, e investigados na Operação Alba Branca, da Polícia Civil.

Por Redação

O deputado federal e candidato à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno (PRB), é citado em um relatório da Polícia Civil no inquérito da Operação Alba Branca, que investiga o esquema de fraudes na merenda escolar conhecido como “Máfia da Merenda”.

Em um grampo telefônico interceptado pela Polícia, Russomanno é citado como um “novo parceiro” durante uma conversa entre César Augusto Lopes Bertholino, o ‘Marrelo’, e Cássio Chebabi, quadros importantes do esquema, e investigados na operação. No entanto, o deputado não é alvo da investigação e nem nem a ele é imputado ato ilícito. As informações foram dadas pelo blog do jornalista Fausto Macedo, do Estado de S.Paulo.

Em julho de 2015 Chebabi diz a “Marrelo” que o deputado é um “novo parceiro” e que ele “tá forte pra prefeitura”. Em resposta, Marrelo diz que eles vão “jantar” com Russommano e diz ainda que ele ‘vai dar duas secretarias’ para Leonel Júlio, ex-deputado e pai do lobista da quadrilha da merenda. ‘Já tá acordado’, diz Marrelo.

A Polícia diz que ‘fica claro que (Chebabi e ‘Marrelo’) esperam algum benefício com esta aproximação’.

‘[Os envolvidos no esquema] demonstram claramente acreditarem que o caminho mais fácil para a consecução de contratos com órgãos públicos é a aproximação com pessoas que detêm poder de mando nos órgãos públicos visados’, escreveram os investigadores.

Russomanno aparece no momento como favorito nas pesquisas de opinião para a prefeitura da cidade de São Paulo. Ele reagiu com indignação à citação a seu nome e disse que sequer conhece os dois alvos da Operação Alba Branca.

‘Marrelo’ escreveu às 17h54: ‘Tô indo lá pro Mané, vamos jantar com Celso Russomanno. Eu e o Marcel. Marcamos às 9 horas.
Chebabi respondeu às 18hs. “Novo parceiro.”
‘Marrelo’: Opaa. O Marcel já tinha conversado com ele. E falado da Coaf prá ele.
Chebabi: Tá forte prá prefeitura.
‘Marrelo’: Ele foi pedir apoio pro Leonel.
Chebabi: Ele é PR.
‘Marrelo’: PRB. Universal.
Chebabi: Cola
‘Marrelo’: Tá com dindim prá gastar. Vai dar duas secretarias pro Leonel. Se ele vier a ser prefeito de SP. Já tá acordado.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum