quarta-feira, 28 out 2020
Publicidade

Alvo de críticas, ministro do Meio Ambiente tira 5 dias de repouso por “estresse ambiental”

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, recebeu alta no Hospital das Forças Armadas na tarde desta quarta-feira (28), em Brasília, mas levou para casa um atestado médico que lhe garante cinco dias de repouso. No diagnóstico do ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, Salles passou por um “estresse ambiental”, devido às críticas que tem recebido devido por conta do desmatamento e das queimadas na Amazônia.

Salles chegou ao hospital “assintomático”, segundo os médicos, mas, devido ao relato do ministro, foram realizados exames, que foram todos normais. “A equipe assistente optou por realizar alguns exames complementares, que foram efetivados durante breve internação. Cabe informar que os resultados desses exames foram normais e que o senhor ministro recebeu alta hospitalar na tarde de hoje com recomendação de repouso pelo prazo de cinco dias”, diz nota da equipe médica.

Leia também
Quem é Ricardo Salles, o ministro do Novo que está destruindo a Amazônia

A licença do ministro acontece em um dos momentos mais frágeis do governo Bolsonaro, que tem sofrido fortes pressões internacionais devido a sua política ambiental considerada complacente com a devastação da Floresta Amazônica. A atuação de Salles é criticada até pelo próprio partido, o Novo, que agora nega ser representado por ele. Um pedido de impeachment do ministro foi apresentado ao Supremo Tribunal Federal pelo senador Fabiano Contarato (Rede-ES).

Pelas redes sociais, bolsonaristas lançaram uma tag #ForçaSalles. Ele agracedeu, em vídeo. “Muito obrigado por todas as mensagens, orações, as mensagens de carinho, e agradecer ao corpo médico do Hospital da Forças Armadas, que prestou um grande atendimento”, disse.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.