Fórumcast #20
09 de novembro de 2015, 11h52

Anúncio no Mercado Livre “vende” menino negro como filhote de macaco

A publicação racista já foi retirada do ar, mas os dados cadastrais e de acesso do usuário serão enviados à polícia para investigação.

A publicação racista já foi retirada do ar, mas os dados cadastrais e de acesso do usuário serão enviados à polícia para investigação

Por Redação

Um anúncio no site de vendas Mercado Livre chamou a atenção pelo teor racista na última sexta-feira (6). A publicação dizia que um “filhote de macaco vindo da África” estava sendo vendido por R$ 1,50. Na foto, a imagem de uma criança negra. De acordo com informações fornecidas pela assessoria de imprensa responsável pela página, a postagem foi feita durante a madrugada, mas foi denunciada e retirada do ar por volta das 7 horas, no mesmo dia.

Mesmo apagando a propaganda, os dados cadastrais e de acesso do “anunciante” foram preservados e serão entregues à polícia para investigação, segundo explicou a empresa. O caso começou a circular nas redes sociais depois que um jornalista, indignado com o tom discriminatório, compartilhou o anúncio. Ele classificou a situação como um “absurdo” e disse que encaminharia as informações ao Ministério da Justiça.

Foto de capa: Reprodução

Veja também:  Em novo vazamento, Dallagnol propõe monumento arquitetônico à Lava Jato e Moro diz que é "soberba"

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum