Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
26 de janeiro de 2017, 16h20

Após aumento de velocidade em SP, marginais registram um acidente a cada 4 horas

Apenas 36 horas depois da mudança, que foi uma promessa de campanha do prefeito João Doria (PSDB), marginais Pinheiros e Tietê já registraram 9 acidentes. Trânsito lento também aumentou e motoristas não conseguiram sequer trafegar no antigo limite

Por Redação

As consequências de um aumento de velocidade nas duas maiores vias de São Paulo, as marginais Pinheiros e Tietê, começam a aparecer menos de dois dias após sua implantação. Ao reduzir os limites de velocidade, o ex-prefeito Fernando Haddad se baseou em estudos que garantiam menos acidentes e um aumento da velocidade média dos veículos. O atual prefeito João Doria (PSDB), no entanto, resolveu ignorar os fatos e cumprir sua promessa populista de campanha de aumentar as velocidades e o resultado é um acidente a cada 4 horas e uma lentidão maior do tráfego.

Desde que foi implantado o programa Marginal Segura, na madrugada da última quarta-feira (25), ocorreram nove acidentes, quase todos com feridos, entre as duas vias. O programa previa também, além do aumento dos limites de velocidade, mais sinalização e atendimento rápido em casos de acidentes. Dos 9 acidentes que aconteceram desde a implantação do programa, ao menos três receberam atendimento mais de 30 minutos depois.

Leia também: Carro bate nas marginais enquanto prefeitura mudava placas aumentando a velocidade

Além do aumento dos acidentes e da demora do atendimento, o aumento das velocidades não garantiu um fluxo mais rápido. Ao contrário do prometido, desde quarta-feira motoristas encontram dificuldades até para atingir a antiga velocidade da gestão Haddad.

Quando implementou a redução dos limites, a antiga gestão municipal conseguiu reduzir em 57,14% o número de acidentes fatais nas vias.

 

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum