Fórumcast, o podcast da Fórum
06 de janeiro de 2017, 11h08

Apresentador que rogou praga a maconheiros sofreu infarto

O polêmico apresentador Sikêra Junior, aquele que disse ao vivo que "Você, que fuma maconha, vai morrer antes do Natal", sofreu um infarto na madrugada desta quinta-feira (5) em Maceió (Alagoas).

O polêmico apresentador Sikêra Junior, aquele que disse ao vivo que “Você, que fuma maconha, vai morrer antes do Natal”, sofreu um infarto na madrugada desta quinta-feira (5) em Maceió (Alagoas).

Da redação

O polêmico apresentador Sikêra Junior, 49 anos, aquele que disse ao vivo que “Você, que fuma maconha, vai morrer antes do Natal” , sofreu um infarto na madrugada desta quinta-feira (5) em Maceió (Alagoas).


A TV Ponta Verde, afiliada do SBT em Alagoas, divulgou que o apresentador passou mal com sintomas de infarto e foi levado Hospital do Coração de Alagoas, em Maceió, onde passou por um cateterismo. Sikêra está de repouso no hospital e aguarda uma vaga na UTI _ele deve ficar em observação pelas próximas 48 horas.

Na edição de ontem (5) do Plantão Alagoas, Junior foi substituído pelo apresentador Fábio Araújo. Sikêra Junior é natural do Estados de Pernambuco. Com estilo semelhante ao Balanço Geral e com reportagens popularescas e policialescas, o Plantão Alagoas faz sucesso de audiência e repercute nas redes sociais pelo jeito debochado e sem pudores do apresentador, que o comanda há cinco anos.

Além da praga aos maconheiros, Junior já xingou uma internauta no ar com discurso cheio de palavrões e, durante uma ação de merchandising, caiu de uma moto em pleno estúdio.

Em nota oficial, a TV Ponta Verde afirma que Junior ficará afastado do Plantão Alagoas durante 15 dias, para se recuperar.

Sócio Fórum ganha brindes, descontos e uma viagem pra Cuba em 2017. Gosta do nosso trabalho? Participe!

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum