Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de janeiro de 2020, 11h08

Aprovação de Obrador no México chega a 72% após primeiro ano de mandato

Segundo os números, a aprovação do presidente mexicano cresceu 4% com relação a outubro. Além disso, seu índice de reprovação é de 27%, o mais baixo desde a sua posse.

(Foto: REUTERS/Edgard Garrido / Reuters)

Uma pesquisa publicada nesta terça-feira (7) pelo diário mexicano de direita El Financiero, mostra que o presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador (conhecido em seu país como AMLO, sigla com as iniciais do seu nome), terminou o ano de 2019, o primeiro dos seis anos do seu mandato, com 72% de avaliação positiva.

Segundo os números, a aprovação de AMLO cresceu 4% com relação à pesquisa anterior, realizada em outubro. A pesquisa foi realizada em dezembro de 2019, e também indica um índice de reprovação do governo de 27%, o mais baixo desde a sua posse.

Com relação a temas específicos, Obrador conseguiu números favoráveis com relação à economia (aprovada por 43%), educação (50%) e saúde (42%). O combate à corrupção, uma das suas principais bandeiras de campanha, foi o que teve o menor índice positivo, em compensação, registrou o maior aumento: passou de 34% em outubro para 41% em dezembro. O combate à pobreza continua sendo seu principal ponto forte, com 52% de aprovação, segundo os entrevistados.

A pesquisa também perguntou a posição que os eleitores tomariam caso se realize um referendo de revogação ou não do mandato presidencial após o terceiro ano – metade do mandato, que neste caso teria que acontecer em 2022. A resposta foi contundente: 70% dos mexicanos afirmaram que AMLO deve continuar na presidência.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum