Biden deve retomar Acordo de Paris e interromper construção de muro na fronteira com o México

Os primeiros dias do novo presidente dos EUA devem ser marcados por uma série de revogações de decretos do governo Trump

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, vai promover uma espécie de “revogaço” nos seus primeiros dias de governo. O objetivo do novo governo é reverter uma série de políticas do ex-presidente Donald Trump.

Existe a expectativa de que ainda nesta quarta-feira (20), logo depois de sua posse, Biden anuncie o retorno dos EUA ao Acordo do Clima de Paris e a interrupção da construção do muro na fronteira com o México.

Outra ação que o novo presidente dos EUA deve tomar logo nos primeiros dias, é baixar um decreto e tornar o uso da máscara obrigatório, como uma das medidas de combate à disseminação do coronavírus.

De acordo com informações da CNN Brasil, a primeira leva de decretos terá como eixo a política ambiental, o combate à Covid-19 e questões relativas à imigração e direitos humanos.

O governo Biden também vai reincluir os imigrantes sem cidadania no Censo e ampliar o alcance do programa dos “dreamers”, que dá cidadania a filhos de imigrantes ilegais e os impede de ser deportados.

Com informações da CNN Brasil.

Avatar de Marcelo Hailer

Marcelo Hailer

Jornalista (USJ), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e doutor em Ciências Socais (PUC-SP). Professor convidado do Cogeae/PUC e pesquisador do Núcleo Inanna de Pesquisas sobre Sexualidades, Feminismos, Gêneros e Diferenças (NIP-PUC-SP). É autor do livro “A construção da heternormatividade em personagens gays na televenovela” (Novas Edições Acadêmicas) e um dos autores de “O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente” (AnnaBlume).

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR