Biden nomeia veterana transexual para a equipe de transição presidencial do Departamento de Defesa

Presidente eleito dos EUA cumpre promessa de campanha e nomeia várias pessoas LGBT para a sua equipe de transição

O presidente eleito dos EUA, Joe Biden (Democrata), nomeou a veterana transexual Shawn Skelly para a sua equipe de transição. Skelly vai cuidar dos trabalhos referentes ao Departamento de Defesa, um dos postos chaves dos Estados Unidos.

Com essa indicação Joe Biden dá sinais de que vai cumprir uma promessa de sua campanha: derrubar uma lei de Donald Trump que proíbe as pessoas transexuais de servirem nas Forças Armadas. Por mais de uma vez, em entrevistas durante a campanha, Biden afirmou que essa será a sua primeira medida como presidente dos EUA, informa o portal LGBTQNation.

Além de Skelly, Biden nomeou Dave Noble, que é gay assumido, para gerir o grupo de trabalho que vai cuidar da transição em torno da NASA. Para a transição do Departamento de Justiça, o presidente eleito nomeou Chai Feldblum, que é ativista lésbica e que já comprou várias brigas com a direita religiosa.

Antes de se tornar o candidato oficial do Partido Democrata, Joe Biden não era visto com bons olhos pelo movimento LGBT por conta de seu histórico conservador. Ao longo das primárias e, posteriormente, ao longo da campanha, Biden foi questionado sobre qual seria a sua postura diante da pauta LGBT e o presidente eleito afirmava que seria um aliado. Pelo menos por hora, o presidente eleito dos EUA está cumprindo a sua promessa.

Avatar de Marcelo Hailer

Marcelo Hailer

Jornalista (USJ), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e doutor em Ciências Socais (PUC-SP). Professor convidado do Cogeae/PUC e pesquisador do Núcleo Inanna de Pesquisas sobre Sexualidades, Feminismos, Gêneros e Diferenças (NIP-PUC-SP). É autor do livro “A construção da heternormatividade em personagens gays na televenovela” (Novas Edições Acadêmicas) e um dos autores de “O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente” (AnnaBlume).