Fórum Educação
07 de abril de 2020, 07h47

Bolsonaro afronta Davi Uip sobre uso de cloroquina: tomou ou não para se curar?

Presidente partiu para cima de infectologista sobre uso da hidroxicloroquina, medicamento usado no tratamento do coronavírus sem comprovação científica, que está no centro de sua guerra contra o ministro Henrique Mandetta

Bolsonaro grava com os filhos pronunciamento publicado nas suas redes sobre uso da cloroquina (Reprodução)

Acuado em sua política anticientífica de combate ao coronavírus, Jair Bolsonaro resolveu afrontar o médico infectologista David Uip, coordenador do comitê de combate ao coronavírus em São Paulo, que foi contaminado pelo coronavírus e se curou.

Em tuíte na manhã desta terça-feira – repetindo publicação do filho, Eduardo, na noite anterior -, Bolsonaro compartilha uma entrevista em que Uip se recusa a dizer como foi tratado da Covid-19 em entrevista a José Luiz Datena. O apresentador da Band, no entanto, tira as próprias conclusões e diz que o médico foi tratado com hidroxicloroquina e faz a defesa do medicamento.

“O médico David Uip tomou, ou não, HIDROXICLOROQUINA para se curar?”, indaga Bolsonaro em seu tuíte.

O uso do medicamento no combate ao coronavírus, sem dados cientifícios que comprovem sua eficácia, está no centro da queda de braço entre Bolsonaro e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), que foi mantido no cargo após militares pressionarem o presidente.

Em sua publicação na noite anterior, Eduardo Bolsonaro atacou o médico, lançando uma série de indagações sobre os motivos do médico esconder um suposto tratamento com hidroxicloroquina.

“Por que num momento como este o médico que está a frente do combate à pandemia em SP se nega a dizer como se curou? O que Dória acha disso? Alguém perguntará?”, indaga Eduardo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum