Fórum Educação
08 de janeiro de 2020, 14h56

Bolsonaro demite diretor e quatro pesquisadores considerados “a alma” da Casa de Rui Barbosa

A Casa está sob o comando de Letícia Dornelles, autora da minissérie do SBT "Minha vida é uma novela" e afilhada política do pastor Marco Feliciano

Foto: Facebook

Foram exonerados, nesta quarta-feira (8), da Casa de Rui Barbosa, o diretor de pesquisa, Antonio Lopes, e quatro chefes do centro de pesquisa.

São eles, o cientista político Charles Gomes, a jornalista Jöelle Rouchou, a ensaísta Flora Sussekind e o sociólogo e premiado escritor José Almino de Alencar, filho de Miguel Arraes. O quinteto, de acordo com a coluna de Lauro Jardim, era uma espécie de alma da Casa de Rui.

A Casa de Ruy Barbosa, uma das mais importantes instituições culturais do Brasil, era ligada ao extinto ministério da Cultura e agora está sob o comando do secretário especial de Cultura Roberto Alvim, o mesmo que chamou Fernanda Montenegro, de 90 anos, de “sórdida”.

O presidente Jair Bolsonaro, por intermédio de Alvim, nomeou Letícia Dornelles, autora da minissérie do SBT “Minha vida é uma novela” e afilhada política do pastor Marco Feliciano, para a presidência da Casa no fim do ano passado.

A Casa de Ruy Barbosa

A Fundação Casa de Rui Barbosa tem como finalidade o desenvolvimento da cultura, da pesquisa e do ensino cumprindo-lhe, especialmente, a divulgação e o culto da obra e da vida de Rui Barbosa.

A Fundação oferece espaço reservado ao trabalho intelectual, à consulta de livros e documentos e à preservação da memória nacional.

Mantém atividades relacionadas à preservação e divulgação do legado de Rui Barbosa e à formação, conservação e difusão de acervos bibliográficos, documentais e arquitetônicos, com o apoio de laboratórios técnicos.

 

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum