O que o brasileiro pensa?
23 de janeiro de 2020, 20h15

Bolsonaro fará de tudo para acabar com Moro até 2022, diz Bebianno

Ex-ministro e aliado afirmou que o presidente “só pensa em reeleição” e que "morre de medo" de Moro nas urnas

Gustavo Bebianno - Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

As notícias de que Jair Bolsonaro pretende separar as pastas de Justiça e de Segurança Pública, retirando poder de Sergio Moro, mostrou que o clima entre ambos não está nada bom. O ex-ministro Gustavo Bebianno, que foi amigo e advogado do presidente, além de ministro, deu a sua versão sobre os motivos que levam Bolsonaro a tomar essa iniciativa.

“Infelizmente, o Jair só pensa em reeleição. A sorte do país é que há alguns ministros que efetivamente trabalham pelo Brasil, e para o Brasil, a exemplo do Sergio Moro e do ministro da Economia, Paulo Guedes. Essa obsessão pelo poder, combinada com as paranoias de traição, se sobrepõe ao excelente trabalho desses auxiliares. Como o Jair morre de medo do Moro nas urnas, fará de tudo para acabar com ele até 2022”, declarou ao colunista Tales Faria, do UOL.

Bebianno alertou para o risco da utilização política da Polícia Federal por Bolsonaro. “Até agora, Moro foi o freio que inibiu o uso político da Polícia Federal, o que, com toda certeza, irrita bastante o Jair. Sem o Moro, as chances de a PF ser utilizada como ferramenta de opressão contra os desafetos serão grandes. Isso poderá gerar um clima muito pesado no país”, disse.

Conselho

Bebianno ainda mandou um conselho para o ministro da Justiça: “Se o Moro me pedisse um conselho, diria a ele o seguinte: saia desse governo o quanto antes, mantenha-se o mais longe possível da família Bolsonaro e volte no início de 2022 como pré-candidato à presidência da República. Jair não terá a mínima chance contra você”.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum