Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de maio de 2017, 20h24

Bomba: Temer e Aécio são gravados por donos da JBS pedindo propina e “mesada”

Os donos da JBS apresentaram à PGR e ao STF gravações de Temer dando aval para a compra do silêncio de Eduardo Cunha. “Tem que manter isso aí, viu?”, disse Temer. Já Aécio Neves foi gravado pedindo R$ 2 milhões a um dos donos da empresa. O dinheiro foi entregue a um primo do presidente do PSDB, numa cena devidamente filmada pela Polícia Federal

Por Redação, com Brasil 247 e O Globo

O jornal O Globo revelou, na noite desta quarta-feira (17), uma delação explosiva dos donos da JBS, os irmãos Joesley e Wesley Batista. Eles confirmaram na quarta-feira passada ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, as informações que já haviam contado e entregue à Procuradoria-Geral da República em uma delação, de acordo com o jornal, sem qualquer tipo de coação.

A revelação que veio à tona na noite desta quarta-feira (17) fez com que a Globo, inclusive, interrompesse sua programação com um plantão.

À procuradoria e ao STF, os empresários disseram ter gravações de Michel Temer dando aval para a compra do silêncio de Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados que está preso. Temer, de acordo com os irmãos, teria indicado o deputado Rodrigo Rocha Loures para resolver um assunto da J&f (uma holding que controla a JBS) e, posteriormente, o deputado teria sido filmado recebendo uma mala com R$500 mil enviados por Joesley. Essa seria uma mesada para que o deputado e Eduardo Cunha, já preso, ficassem calados. “Tem que manter isso, viu?”, teria dito Temer na gravação.

Quem também é alvo da delação é o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Derrotado nas eleições de 2014, ele foi um dos principais motivadores das manifestações “contra a corrupção” e pelo impeachment da ex-presidenta Dilma.  De acordo com os irmãos, o tucano foi gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley e o dinheiro foi entregue a um primo de Aécio. A cena teria sido devidamente filmada pela Polícia Federal.

Ambas as gravações que dão conta dos esquemas do tucano e do peemedebista datam de março deste ano.

Aécio e Temer ainda não se pronunciaram sobre as revelações.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum