Brasil vai contestar junto à OMS retenção de remédios na Holanda

O governo brasileiro vai contestar na sexta-feira, 23, durante a reunião do conselho executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS), contra a retenção de um carregamento do medicamento Losartan, que é usado para combater a hipertensão arterial. A retenção de uma carga do princípio ativo do medicamento genérico Losartan -usado no controle da hipertensão- causou […]

O governo brasileiro vai contestar na sexta-feira, 23, durante a reunião do conselho executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS), contra a retenção de um carregamento do medicamento Losartan, que é usado para combater a hipertensão arterial.

A retenção de uma carga do princípio ativo do medicamento genérico Losartan -usado no controle da hipertensão- causou um incidente diplomático entre Brasil e Holanda. A carga, importada pela brasileira EMS, vinha da Índia e ficou presa no porto de Roterdã, sob alegação de ser pirateada.  No Brasil e na Índia, o medicamento não é protegido por patente e pode ser importado. Na Holanda, porém, o laboratório alemão Merck é o detentor dos direitos do Losartan e acabou solicitando a retenção.

Para o governo brasileiro, a atitude das autoridades holandesas é um "grave retrocesso" no acesso universal aos medicamentos. Uma resolução da OMS (Organização Mundial da Saúde) diz que a disputa por patentes não deve ser confundida com pirataria e falsificação.

(Com informação de agências)

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR