No rastro do óleo do Nordeste
30 de junho de 2013, 21h10

Protestos contra investimentos na Copa marcam final da competição no Rio de Janeiro

Manifestação terminou com confrontos entre manifestantes e a Polícia Militar

Manifestação terminou com confrontos entre manifestantes e a Polícia Militar

Por Igor Carvalho

Manifestantes questionaram privatização do Maracanã (Foto: Mídia Ninja)

Por volta das 18h30, manifestantes e a Polícia Militar entraram em confronto a 500 metros do Maracanã. A passeata, que começou três horas antes do jogo, seguiu direto para o estádio onde está sendo disputada a final da Copa das Confederações.

A manifestação foi organizada para protestar contra os gastos brasileiros com a Copa das Confederações e a Copa do Mundo 2014. Segundo a Polícia Militar, 1.200 pessoas participaram do ato.

Durante a cerimônia de encerramento da Copa das Confederações, um dos figurantes, vestido de bola, saiu da coreografia e abriu uma faixa, onde estava escrito: “Imediata anulação da privatização do Maracanã”. A organização retirou o manifestante, imediatamente.

Violência

Quando se aproximaram do Maracanã, pela avenida de mesmo nome do estádio, os manifestantes encontraram uma formação bélica, montada pela PM. Eram quatro barreiras: Na primeira, policiais militares com escudos, na segunda haviam agentes da Força Nacional, na terceira o Batalhão de Choque e por último Caveirão.

Durante o confronto, muitos civis saíram feridos. As bombas de gás lacrimogênio não surtiam efeito, pois o vento estava contra a polícia, mas, as balas de borracha continuaram a ser utilizadas, pelo menos um manifestante tomou um tiro de bala de borracha na cara. Dois ativistas foram presos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum