Bundão é o senhor, diz Datena ao vivo para Bolsonaro

"Eu, por exemplo, sou do jornalismo e não sou bundão", disse o apresentador, em resposta aos recentes ataques do presidente à imprensa

Em meio à indignação massiva aos recentes ataques à imprensa feitos pelo presidente Jair Bolsonaro, o apresentador José Luiz Datena também resolveu se pronunciar.

Apoiador de ocasião do capitão da reserva, Datena se referiu a Bolsonaro como “bundão”, ao vivo, em seu programa Brasil Urgente, da Bandeirantes, nesta segunda-feira (24).

“Bundão é o Jair. Bundão é o senhor. Eu não sou bundão, presidente”, disparou.

“Ele abre um caminho de duas mãos, porque ele não pode ofender qualquer cidadão brasileiro da forma que ele ofendeu. Eu, por exemplo, sou do jornalismo e não sou bundão”, completou o apresentador.

Em sua resposta a Bolsonaro, Datena saiu em defesa de sua categoria de jornalista e citou, inclusive, pessoas que foram vítimas da ditadura militar trabalhando na imprensa.

“Como todos nós somos ‘bundões’? Teve muita gente que perdeu a vida, que deu a sua vida, inclusive durante o regime militar, que deu sua vida fazendo matérias. A imprensa brasileira foi fundamental na mudança desse país em várias oportunidades. Então, os jornalistas brasileiros não são ‘bundões’, pelo contrário, são gente que vai para a rua trabalhar, enfrentando dificuldades enormes”, declarou.

Assista.

Na manhã desta quinta-feira, Bolsonaro voltou a atacar jornalistas e a repetir a teoria de que seu suposto “histórico de atleta” o ajudou a vencer o novo coronavírus. A declaração ocorreu durante o evento Brasil Vencendo a Covid-19, realizado nesta segunda-feira (24).

“Aquela história de atleta, que o pessoal da imprensa vai para o deboche, mas quando [o coronavírus] pega num bundão de vocês a chance de sobreviver é bem menor. Só sabe fazer maldade, usar a caneta com maldade em grande parte. Tem exceções como o Alexandre Garcia”, disse o presidente no discurso.

A provocação a jornalistas acontece um dia depois do presidente dizer que gostaria de dar uma “porrada” em um repórter que o questionou sobre os depósitos do ex-policial Fabrício Queiroz à primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.