Caetano Veloso manifesta apoio a policiais antifascistas

O músico participou do Congresso dos Policiais Antifascismo, que ocorreu dois dias antes do massacre da PM de São Paulo em Paraisópolis

O cantor Caetano Veloso participou do encerramento do II Congresso Nacional Policiais Antifascismo, na sexta-feira (29), declarando seu apoio ao movimento em prol do combate ao fascismo. O encontro aconteceu dois dias antes de uma ação da PM de São Paulo contra um baile funk na periferia da capital que deixou nove jovens mortos.

“O que vocês ensinam é que o cidadão deve respeitar a Polícia e a Polícia deve respeitar o cidadão. Esse equilibro deve ser o centro de nós todos. Eu acho um  ponto fulcral para a solução dos nosso problemas que hajam policias determinados em se colocar, se reafirmar como policiais sem se deixar confundir com o fascismo”, disse o cantor sob gritos de “Viva Caetano Veloso! Viva os Policias Antifascismo!”.

Áureo Cisneiros, líder sindical dos policiais de Pernambuco, publicou uma foto ao lado do cantor exaltando o papel histórico de Caetano, que foi um dos principais expoentes do tropicalismo e acabou sendo exilado durante a ditadura militar. “Tietando nosso querido Caetano Veloso, artista que não foge do seu papel histórico de lutar pelo povo brasileiro. O fascismo não vencerá!”, disse.

O encontro dos agentes antifascistas, que aconteceu entre os dias 28 e 29 de novembro, antecedeu um triste episódio de violência policial ocorrido na madrugada deste domingo (1). A PM de São Paulo realizou uma ação contra um baile funk em Paraisópolis que deixou ao menos nove jovens, entre 14 e 23 anos, mortos.

Leonel Radde, um dos líderes do movimento, publicou um vídeo nas redes sociais denunciando os abusos de autoridade e tortura cometidos pelos agentes de segurança pública no episódio. “O discurso de que isso seria combater o crime é um discurso falacioso. Não faz sentido torturar abusar de cidadão e cidadãs sobre o pretexto de combater a criminalidade […] A Polícia tem que servir à sociedade e tem que combater o crime com energia, mas a Polícia não pode agir e, a partir dessa ação, morrer 9 inocentes”, disse Radde.

Assista:

https://www.facebook.com/policiaisantifascismo/videos/827516391014514/?__xts__%5B0%5D=68.ARCa2HyGiF77hNLvjtgA2spvNO31eiDrffnwQhpOCfTlNYYRT6nb-6Z6BJy8_mcJNrA2EuB5JDzbc4UL7k3m5wkT_-AEB1a8_IUkPS_1QEP1rLnrwFxNlh6j3C8TbF81EIm_ztgjpSZR2Qk_SiY0TLh5RJnGHtC3q6XRU3Nxx2b_7sLXh8Mc-y6xqEJHqbDXWrleuiqBWoIFhqLLr1BQC_q_gp9UUKQNF49V4m8DX01Jio2QC32eukHi52_ChLgOEss_IcwJym20bAJgBMRnPJLwWKUks5igXs7pWJsO1RLYz4cUMBA9GIZWvGBrAI2-b1M5-BWyerqt94FuaWOYu6TkwUhw57m2tTk&__tn__=-R

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.