#Fórumcast, o podcast da Fórum
10 de setembro de 2019, 09h01

Caixa censura peça teatral infantil baseada em livro de Eduardo Galeano, denuncia diretor

Espetáculo "Abrazo" traz a história de personagens que vivem em uma espécie de ditadura onde não é permitido abraçar ou falar. Comunicado cancelou apresentação minutos antes dos atores subirem ao palco na Caixa Cultural Recife

Cena da peça Abrazos, censurada pela Caixa Cultural (Divulgação)

O ator e músico, Marco França, diretor do espetáculo Abrazo, denunciou em vídeo nas redes sociais que a peça teatral, que estava prevista para ser encenada nos próximos finais de semana, foi censurada pela Caixa Cultural Recife.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

“Uma censura travestida com argumentos jurídicos”, afirmou França, ressaltando que “vivemos momentos de barbárie no país, onde a verba pública para pesquisa e educação são cortadas, onde livros são censurados, onde artistas estão sendo perseguidos e tendo suas obras censuradas”.

A peça é baseada no “Livro dos Abraços”, de Eduardo Galeano, e traz a história de personagens que vivem em uma espécie de ditadura onde não é permitido abraçar ou falar.

“Não nos calarão. Enquanto houver espaço para denunciar, estaremos aqui denunciando”, diz o ator em vídeo divulgado no domingo (8).

Antes da cortina abrir
Segundo reportagem do portal G1, a peça encenada pela companhia Clowns de Shakespeare, do Rio Grande do Norte, foram canceladas entre as duas da sessões da montagem marcadas para o sábado (7). Os artistas já tinham subido ao palco e feito o primeiro show, horas antes de a decisão ser anunciada, na Caixa Cultural Recife, no Centro da cidade.

De acordo com a companhia, no sábado, uma apresentação e um debate foram realizados. Quando se preparavam para a segunda sessão do dia, os artistas receberam a notícia de que não poderiam entrar em cena. Aplateia já estava no teatro, esperando o espetáculo, quando houve o cancelamento da sessão.

“Recebemos o comunicado da Caixa cinco minutos antes de a cortina abrir. Foi uma coisa absolutamente abrupta. Quando chegamos, fomos muito bem recebidos, mas, nesse momento, recebemos o comunicado de que a segunda apresentação tinha sido suspensa por ordens de cima, de um supervisor acima da Caixa Cultural”, disse ao G1 o diretor da companhia, Fernando Yamamoto.

A peça foi escolhida para o patrocínio da Caixa por meio de edital público. Em 2018, o espetáculo foi apresentado na Caixa Cultural de Brasília, pela mesma forma de seleção.

Por meio de nota, a Caixa informou que o cancelamento ocorreu por “descumprimento contratual” e que o contrato “foi rescindido, conforme comunicado ao grupo”.

Cálice
Nesta segunda-feira (9), Marco França publicou novo vídeo, em que canta a música “Cálice”, de Chico Buarque. “Atual como sempre”, diz ele.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum