Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de fevereiro de 2012, 19h14

Calderón perde maioria no Parlamento mexicano

A recessão econômica, a queda na produção de petróleo, e denúncias de repressão à população pobre fizeram parte do contexto que levou o partido do presidente mexicano, Felipe Calderón, a perder nas eleições legislativas deste domingo, 5. Com 100% dos votos apurados, o partido de Beatriz Paredes, o Partido Revolucionário Institucional (PRI), oposição ao atual governo, venceu com 36,68% dos votos.

Em terceiro lugar ficou o Partido da Revolução Democrática (PRD), de centro-esquerda, com 12,20% dos sufrágios, seguido do Partido Verde Ecologista do México, com 6,71%.

Calderón está há dois anos na presidência do México e seu partido veio a governar após cerca de 70 anos de governo do PRI durante o século XX. Antes de seu mandato, Vicente Fox (PAN) foi presidente de 2000 a 2006, quando o México se deparou com um conturbado processo eleitoral. Os dois candidatos, López Obrador (PRD) e Felipe Calderón (PAN), reivindicavam para si a vitória do pleito. Apesar de Obrador ter tentado o reconhecimento judicial de sua vitória, Calderón assumiu a presidência.

Agora o PAN perde base parlamentar, já que o PRI será maioria na Câmara dos Deputados. O partido deverá contar com 233 cadeiras, mais do que o dobro que tinha antes; já o PAN deverá ficar com 146, 60 a menos; e o PRD com 127. Durante a campanha, o PRI prometeu "uma agenda muito clara da necessidade de soluções e de mudanças profundas na questão econômica" mexicana, com afirmou Beatriz à Televisa.

Calderón reconheceu a perda e tem investido num discurso conciliatório: "A rivalidade deve ser deixada para trás, e agora devemos concentrar os nossos esforços para encontrar um campo de consenso para alcançar os acordos que o país precisa para recuperar o crescimento econômico, a criação de empregos e a segurança pública".

Ontem, o presidente do PAN, Germán Martínez, renunciou de seu cargo após se reunir ontem com mandatário mexicano.

Com informações de agências.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags