Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
24 de novembro de 2016, 20h09

Calero diz à PF que Temer também o pressionou para liberar prédio de Geddel

Geddel adquiriu uma das unidades do edifício La Vue Ladeira da Barra, em Salvador, e que está embargada pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Ao “enquadrá-lo” para que liberasse o empreendimento, Temer disse para Calero que “a política tinha dessas coisas”.

Por Redação

O ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, disse em seu depoimento para a Policia Federal que o presidente Michel Temer o “enquadrou” para que ele liberasse a obra embargada pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) em Salvador (BA).

O empreendimento em questão é o prédio La Vue Ladeira da Barra, que uma das unidades foi adquirida pelo ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima. As informações foram divulgadas pelo jornal Folha de S.Paulo.

Na semana passada, Calero disse que pediu demissão do cargo porque Geddel estava o “pressionando” para que a obra fosse liberada.

“Que na quinta, 17, o depoente foi convocado pelo presidente Michel Temer a comparecer no Palácio do Planalto; que nesta reunião o presidente disse ao depoente que a decisão do Iphan havia criado ‘dificuldades operacionais’ em seu gabinete, posto que o ministro Geddel encontrava-se bastante irritado; que então o presidente disse ao depoente para que construísse uma saída para que o processo fosse encaminhado à AGU [Advocacia-Geral da União], porque a ministra Grace Mendonça teria uma solução”, disse Calero, segundo a transcrição do depoimento enviado ao Supremo Tribunal Federal e à Procuradoria-Geral da República.

Em seguida, o ex-ministro da Cultura afirma que Temer encarava com normalidade a pressão de Geddel e que chegou a dizer que “a política tinha dessas coisas”.

“Que, no final da conversa, o presidente disse ao depoente ‘que a política tinha dessas coisas, esse tipo de pressão'”, afirmou Calero.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum