Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de novembro de 2016, 16h07

Carta em apoio ao MST é endossada por intelectuais e artistas

Documento é assinado por mais de 50 entidades internacionais e artistas como Camila Pitanga, Wagner Moura e Danny Glover

Por Brasil de Fato

O jornalista e escritor Fernando Morais publicou em seu perfil no Facebook, na última terça-feira (15), uma carta contra a criminalização do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e a invasão da Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF). O documento é assinado por mais de 50 entidades internacionais além de artistas e intelectuais como a atriz Camila Pitanga, os atores Wagner Moura e Danny Glover e o cantor Brian Eno.

A Escola, centro de formação do movimento, localizada na cidade de Guararema, interior de São Paulo, foi invadida por agentes da Polícia Civil do Paraná no dia 4 de novembro. Os policiais apontaram armas em direção às pessoas que estavam na Escola e chegaram a atirar para o chão.

Durante a ação, duas pessoas foram presas: a cantora Gladys Cristina de Oliveira e o bilbiotecário Ronaldo Valença Hernandes, de 64 anos.

“É preciso defender o direito fundamental de manifestação das organizações sociais e condenar a repressão contra integrantes do MST. A defesa do direito à terra está prevista na Constituição brasileira como um dos principais pilares da democracia”, afirmou a nota do jornalista.

Fernando Morais lembra ainda que o MST tem mais de 30 anos de existência e é considerado o maior movimento popular do Brasil. “O movimento conseguiu assegurar o direito à terra para milhares de camponeses…e teve papel central nas manifestações contra o impeachment antidemocrático da presidenta Dilma Rousseff”, sinalizou.

À época, o MST divulgou uma nota em seu site afirmando que “exige que o governo e as instituições competentes tomem as medidas cabíveis nesse processo”, diz.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum