Centrão pede a cabeça de Weintraub a Bolsonaro para controlar Fundo da Educação

Grupo de partidos elevou preço do apoio ao presidente e está irritado com o Ministro da Educação, segundo a revista Veja

Integrantes do centrão discutiram na manhã desta quinta-feira (14) a participação do grupo de partidos no governo Jair Bolsonaro. Segundo a coluna Radar, da revista Veja, um tópico dominou a pauta do encontro: a resistência do ministro da Educação, Abraham Weintraub, em entregar o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) a um indicado do Centrão.

Todos os participantes da reunião estavam muito irritados, uma vez que o ministro sequer os têm recebido. O orçamento do FNDE é elevado, por isso a queda de braço pelo seu controle.

Ainda segundo a coluna, como estão com acesso direto ao terceiro andar do Palácio do Planalto, as lideranças dos partidos do centrão vão pedir a cabeça do ministro a Bolsonaro.

Apesar do avanço do inquérito contra o presidente, os partidos seguem firmes no propósito de ocupar espaço no governo – apenas o preço que tem ficado mais caro, destacou a Veja.

Avatar de Ricardo Ribeiro

Ricardo Ribeiro

Correspondente da Fórum na Europa. Jornalista e pesquisador, é mestre em Jornalismo e Comunicação pela Universidade de Coimbra e doutorando em Política na Universidade de Edinburgh. Trabalhou na Folha de S.Paulo, Agora e UOL, entre 2008 e 2017, como repórter e editor.