Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de agosto de 2016, 19h00

“Boi Neon” decide não participar da seleção do Oscar em retaliação ao crítico que condenou protesto de “Aquarius”

“Diante da gravidade da situação e contrários à criação de precedentes desta ordem, registramos nosso desconforto em participar de um processo seletivo de imparcialidade questionável”, escreveu a produção do longa no Facebook

Por Redação

O diretor brasileiro Gabriel Mascaro decidiu retirar o seu filme “Boi Neon” da seleção brasileira que elege os representantes do cinema nacional no festival do Oscar. A atitude foi tomada em retaliação ao crítico Marcos Petrucelli, que condenou o protesto do elenco do filme “Aquarius” durante o festival de Cannes.

“É lamentável que o Ministério da Cultura, por meio da Secretaria do Audiovisual, endosse na comissão de seleção um membro que se comportou de forma irresponsável e pouco profissional ao fazer declarações, sem apresentação de provas, contra a equipe do filme Aquarius, após o seu protesto no tapete vermelho de Cannes”, escreveram em um post na página do filme.

Na época, Marcos Petrucelli disse em uma rede social que “vergonha é o mínimo que se pode dizer sobre o protesto”. Ele se referia à manifestação do elenco de “Aquarius” que, em pleno tapete vermelho da premiação de Cannes, ergueu placas contra o golpe em curso no país com o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

A produção de “Boi Neon” questionou a imparcialidade da seleção e disseram que se sentiriam desconfortáveis em participar.

“Aquarius foi o único filme latino-americano na competição oficial de Cannes,tendo sido aclamado pela crítica internacional. Diante da gravidade da situação e contrários à criação de precedentes desta ordem, registramos nosso desconforto em participar de um processo seletivo de imparcialidade questionável”, escreveram.

A diretora brasileira Anna Muylaert também desistiu de concorrer ao Oscar com o seu filme novo “Mãe, Só Há Uma”.

“Achamos que este é o ano de ‘Aquarius’. É o filme certo”, disse a cineasta ao jornal Folha de S.Paulo.

Foto de Capa: Divulgação


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum