Fórumcast, o podcast da Fórum
21 de janeiro de 2014, 09h39

Ajude a combater o trabalho escravo no Brasil

Repórter Brasil pede sua ajuda. Com um pequeno valor mensal você ajuda a financiar uma das mais sérias iniciativas de jornalismo do Brasil

Repórter Brasil pede sua ajuda. Com um pequeno valor mensal você ajuda a financiar uma das mais sérias iniciativas de jornalismo do Brasil

Por Repórter Brasil

Foto: SRTE/TO

O que você faz com R$ 9,00 por mês?

Compra um misto quente? Paga três passagens de ônibus em São Paulo? Adquire um xampu?

Ou ajuda a combater o trabalho escravo e a defender os direitos humanos no Brasil?

Nos últimos 19 anos, mais de 45 mil pessoas foram libertadas do trabalho escravo em fazendas, carvoarias, oficinas de costura e canteiros de obras espalhados pelo país.

Para que essa violação aos direitos humanos cesse é necessário, antes de mais nada, informação de qualidade. Reportagens que mostrem onde o problema está, investigações que desvendem quem ganha com ele, análises que indiquem como resolvê-lo.

As informações da Repórter Brasil são usadas, há 13 anos, pelo poder público, o setor empresarial e a sociedade civil como instrumentos de combate a esse crime e na promoção da dignidade de milhões de brasileiros.

Ajude a combater o trabalho escravo! Torne-se um assinante da Repórter Brasil!

Com apenas R$ 9,00, que serão descontados automaticamente todo o mês do seu cartão de crédito, você vai ajudar a Repórter Brasil a continuar produzindo conteúdo totalmente aberto, gratuito e de qualidade sobre a escravidão contemporânea no Brasil.

Todos os apoiadores receberão, ao final de cada ano de sua contribuição, um relatório digital mostrando como a Repórter Brasil aplicou o seu dinheiro, e um balanço feito por uma empresa independente de auditoria.

Acredite na liberdade e na dignidade. Ajude a mudar o Brasil. Assine já!


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum